fbpx
24 nov

O que é concreto projetado?

De acordo com a definição dada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas, concreto projetado é um material que possui uma “dimensão máxima do agregado superior a 4,8mm, transportado através de uma tubulação e projetado, sob pressão, a elevada velocidade, sobre uma superfície, sendo compactado simultaneamente”.

Neste texto, a Tecnomor fala um pouco mais a respeito do concreto projetado. Explicamos com mais detalhes o que ele é, mostramos os tipos de aplicação e o papel dos aditivos nas aplicações e, por fim, os locais em que ele costuma ser utilizado.

Boa leitura!

 

O que é concreto projetado

Como você pôde ver na definição dada pela ABNT, o foco da explicação não diz respeito ao modo de fabricar o concreto, mas sim ao método de lançamento. Isso porque essa é a principal diferença do concreto projetado para o concreto convencional. A composição é quase a mesma, exceto pelos agregados, que são menores no concreto projetado.

Enquanto a aplicação do concreto convencional geralmente necessita de um processo de vibração, o concreto projetado não. Para o lançamento dele, utiliza-se um mangote, isto é, uma tubulação, de alta pressão. 

Ela lança pneumaticamente o concreto com uma velocidade altíssima na superfície que irá recebê-lo. Graças à força do impacto, o material adere à superfície e fica muito bem compactado sem precisar do uso dos vibradores.

Por usar agregados menores, normalmente a brita 0, a retração hidráulica do material reduz — permitindo que ele seja utilizado como material estrutural. A soma desse fator com o da aplicação rápida faz um dos usos comuns do concreto projetado ser como socorro para as estruturas que sofreram danos e precisam de reparo urgente.

Suas principais vantagens incluem maior facilidade de adesão, ganho de resistência em um período de tempo curtíssimo e a não necessidade do uso de fôrmas para assegurar que o selamento das superfícies seja contido.

 

Tipos de aplicação

Existem dois tipos diferentes de aplicação do concreto projetado: a via seca e a via úmida. Confira as diferenças:

 

Via seca

Na aplicação via seca, o cimento é misturado apenas com os agregados. É somente no bico projetor, já dentro do mangote, que essa mistura recebe a água e os aditivos. Como a água não está presente em boa parte do processo, ele leva este nome.

Alguns dos benefícios deste tipo de aplicação são a obtenção de um concreto de uma maior compactação e grande resistência devido a um baixo fator água/cimento.

 

Via úmida

Já na aplicação via úmida, a inclusão da água ocorre antes do bombeamento da mistura. O cimento, os agregados e a água são misturados fora do equipamento. Somente os aditivos são adicionados posteriormente aqui, diferente da aplicação via seca, em que os aditivos e a água são acrescentados depois.

As vantagens da aplicação via úmida incluem um consumo menor de ar comprimido e perda reduzida de material durante o lançamento do concreto.

 

O aditivo acelerador de pega

Independente do tipo de aplicação escolhido, a utilização de aditivos é indispensável. E, de todos os tipos possíveis, um que ganha certo destaque na aplicação do concreto projetado é o acelerador de pega. A função dele é reduzir o tempo de início de pega do concreto — o que ajuda no endurecimento e na obtenção de resistência.

Como a falta de aderência e o consequente desplacamento do concreto são problemas que podem acontecer após a aplicação do material, é importante que os aditivos aceleradores de pega sejam empregados.

 

Onde utilizar o concreto projetado

Como já citamos, o concreto projetado, graças às suas características específicas, pode ser aplicado como socorro em estruturas que sofreram danos e precisam ser reparadas o mais rápido possível. Contudo, esta não é a única aplicação do material.

Os usos mais comuns são:

  • Construção de túneis;
  • Estabilização de encostas; 
  • Reforço estrutural (lajes, vigas e pilares);
  • Paredes de contenção;
  • Construção de piscinas e reservatórios;
  • Construção de barragens;
  • Paredes de concreto armado.

 

E você, já conhecia o concreto projetado? Gostou de saber mais a respeito ele? Caso tenha gostado do texto e queira continuar recebendo conteúdo, não deixe de seguir a Tecnomor no Facebook e no Instagram!

NEWSLETTER

Receba nossas novidades e conteúdos por e-mail.