As mudanças promovidas pela tecnologia nos diferentes aspectos do setor da construção civil é um tema recorrente por aqui. Cada inovação que surge no cenário é um passo a mais para o aperfeiçoamento de processos. Independente do assunto, seja ele as tendências de tipos de concreto ou seus principais aditivos, provavelmente a tecnologia desempenha um papel importantíssimo.

Neste conteúdo que trouxemos hoje, falaremos ainda mais sobre as funções da tecnologia no setor e todas as transformações que ela trouxe. Além de um breve panorama histórico, você verá também um pouco mais sobre o impacto que ela causa na produtividade da indústria e os principais usos da tecnologia na atualidade. Saiba mais!

 

Panorama histórico da tecnologia na construção civil

É regra em qualquer mercado: para evoluir, é preciso inovar. Como se pode imaginar, o caso da construção civil não poderia ser diferente. Muito antes de se tornar mercado e até mesmo antes deste conceito existir, a construção já era fundamental na vida do humano pré-histórico, visto que era ela a responsável pela proteção de ameaças externas.

Essa função de proteger continuou sendo a prioridade com o passar das épocas, porém a estética começou a ganhar espaço nas sociedades egípcias antigas. Então, quando ficou determinada a união destes dois elementos, a construção pôde começar a progredir em escalas maiores.

Séculos a frente, as maiores revoluções dos anos de 1800 e 1900 trouxeram o ferro e o aço. As últimas décadas do milênio, por sua vez, trouxeram outros destaques até então inéditos e que são utilizados até os dias de hoje, entre eles o radier para fundações e o concreto pré-fabricado para estruturas.

Os últimos anos deram lugar a um investimento maior em nanotecnologia, o que tem permitido estruturas cada vez maiores e mais complexas.

 

O impacto da tecnologia na produtividade

A tecnologia prova-se a cada dia mais fundamental no aumento da produtividade da construção civil. Segundo artigo publicado pelo SEBRAE, existem seis fatores que impactam a produtividade, os quais podem ser influenciados pelo uso de tecnologias. São eles: capacitação e mão de obra, retrabalho, matéria-prima, layout do canteiro, segurança e planejamento e controle.

Utilizar novas tecnologias permite que:

  • os funcionários sejam mais bem capacitados;
  • o serviço fique bem feito e dispense a necessidade de retrabalho;
  • os materiais possam ser mais bem controlados, evitando perdas de tempo;
  • o espaço do canteiro seja otimizado;
  • os funcionários tenham chances reduzidas de sofrer de acidentes;
  • os processos produtivos tenham maior controle e precisão.

Cada um dos itens acima corresponde aos fatores citados anteriormente, em ordem respectiva. Isso mostra como o uso da tecnologia está diretamente ligado ao aumento da produtividade, o que traz benefícios para empresas e clientes.

 

Principais usos da tecnologia

Hoje, o principal uso prático das tecnologias na construção civil está baseado em três pilares: máquinas automatizadas, aparelhos digitais e novas matérias-primas.

Os novos tipos de material servem para deixar todo o processo mais econômico e, ao mesmo tempo, com qualidade elevada. Alguns exemplos que podemos citar são os painéis de EPS (poliestireno expandido), o sistema monoforte e o microconcreto de alto desempenho. Além da economia e da qualidade, o uso destes materiais é capaz de reduzir etapas da obra em questão.

As máquinas, ainda que precisem de pessoas capacitadas para o seu manuseio, deixam o trabalho mais rápido. Um destaque altamente relevante do uso de máquinas é a redução drástica de erros. No entanto, não custa repetir: a mão de obra capacitada para operação da máquina é indispensável.

Por último, os aparelhos digitais ajudam na organização de todos os processos de produção. Notebooks, tablets e, até mesmo, celulares já são equipamentos comuns em alguns casos, diminuindo a burocracia e fazendo com que a atualização de informações seja mais prática e acessível a todos os envolvidos.

 

Gostou de saber um pouco mais sobre a tecnologia empregada na construção civil? Para saber ainda mais, acompanhe a Tecnomor no Facebook e no Instagram!