fbpx
26 mai

Como melhorar o depósito de materiais de construção em indústrias de artefatos de concreto

Quem trabalha em uma indústria de artefatos de concreto sabe o quão mais fácil é trabalhar com um depósito de materiais de construção bem organizado. Todos os processos são agilizados, aumentando a produtividade da indústria de uma forma geral. Além disso, aumenta-se também a segurança dos materiais, ponto fundamental para uma produção de qualidade.

Mas você sabe quais são as medidas ideais para melhorar o depósito de materiais de construção na sua indústria? Conhece as particularidades de armazenamento de cada um dos materiais mais utilizados para a sua produção? Neste texto, a Tecnomor mostra tudo isso — além dos motivos que mostram por que é importante garantir um bom depósito.

Para ter qualidade não apenas na sua produção, mas também no armazenamento de insumos, continue a leitura abaixo!

 

Por que é importante garantir um bom depósito de materiais de construção?

Nós já citamos na introdução que o correto armazenamento dos materiais de construção em indústrias é importante por deixar os processos mais organizados e aumentar a produtividade. Contudo, esta não é a única razão.

Outro motivo é a preservação dos materiais nas condições corretas. Alguns produtos devem permanecer guardados em condições específicas, correndo o risco de se deteriorarem ou sofrerem alguma contaminação se tais condições não forem respeitadas — o que traz, basicamente, duas consequências.

Uma delas é a necessidade de jogar materiais estragados fora e precisar comprar novos, o que aumenta os gastos e diminui os lucros. A outra é ainda pior: se os materiais estragados ou contaminados forem utilizados, a qualidade da produção pode cair drasticamente, gerando grandes transtornos. 

Fica claro, portanto, por que é importante garantir um bom depósito de materiais de construção, certo? Sendo assim, agora é o momento de entender como.

 

Melhorando o depósito da sua indústria de artefatos de concreto

 

Cimento

É inegável que o material mais importante em qualquer indústria de artefatos de concreto é o cimento. É ele que, quando misturado à água, aos agregados e aos aditivos, dá origem ao concreto. Portanto, sua qualidade deve ser garantida com um bom armazenamento.

E, falando em água, é justamente com ela que os maiores cuidados devem ser tomados. A substância, que é fundamental na produção do concreto, pode ser fatal para o cimento antes da produção — já que ele acaba endurecendo antes da hora.

Portanto, deixe seus sacos de cimento o mais longe possível do contato com água. Ele deve ser estocado em local seco, coberto e fechado. Deve ainda ficar afastado do chão, do piso e das paredes externas ou úmidas. Indica-se também que os sacos fiquem em cima de tablados de madeira montados a 30 cm do chão e que as pilhas não ultrapassem os 10 sacos.

Já para as indústrias que utilizam cimento a granel, este material fica estocado em silos, que também demandam cuidados especiais. É necessário sempre garantir que o silo está completamente vedado, sem qualquer tipo de vazamento ou infiltração.

O consumo do cimento armazenado no silo também deve ser contínuo, e ele precisa ser limpo por dentro a cada 3 meses para evitar crostas, sendo necessária uma manutenção completa a cada seis meses.

 

Agregados

Assim como no caso do cimento, os agregados também devem ser protegidos contra a água de forma geral, pois a alteração da umidade dos agregados pode afetar a produção do concreto. Além disso, eles também não podem ficar expostos ao ar livre — com ou sem chuva —, visto que o vento também pode ser prejudicial. Afinal, ventos mais fortes podem acabar contaminando os agregados com poeira e até mesmo sementes.

Outro ponto é a separação dos agregados em baias. Cada granulometria deve ter sua própria baia. Dessa forma, os agregados finos não se misturam com os agregados graúdos, evitando a contaminação de ambos.

 

Aditivos

Por fim, vem o armazenamento dos aditivos. As práticas mais adequadas podem variar, e o mais indicado é sempre seguir as recomendações do fabricante. Por ser o responsável pelo produto, ele saberá o que é mais seguro para a preservação do material.

Os aditivos da Tecnomor, por exemplo, devem ficar em local fresco, abrigado e nas embalagens originais fechadas. Ao manter o produto aberto e próximo a locais com poeira, ele é contaminado, afetando sua eficiência.

 

Agora que você já sabe como melhorar o seu depósito de materiais de construção, pode garantir redução de custos e maior aproveitamento na produção. Se tiver gostado do texto e quiser receber mais, siga a Tecnomor no Facebook e no Instagram!

NEWSLETTER

Receba nossas novidades e conteúdos por e-mail.