fbpx
1 abr

Concreto autoadensável: o que é e suas vantagens

A busca por novas soluções para desafios cada vez maiores é o grande motor da evolução dentro do setor da construção civil. Afinal, com projetos cada vez mais inovadores é fundamental ter materiais e métodos com a capacidade de se adequar às novas realidades. Um exemplo de material que pode ser citado é o concreto autoadensável, assunto do texto que a Tecnomor preparou hoje.

Com suas características únicas, que o fazem ser um material altamente recomendado para projetos mais complexos, o concreto autoadensável traz diversos benefícios. Na sequência deste texto, nós te explicamos o que ele é, mostramos como ele é feito e apresentamos as suas vantagens. Continue a leitura abaixo e confira!

 

O que é o concreto autoadensável

Desenvolvido no final da década de 1980 por pesquisadores japoneses e presente no Brasil desde o início dos anos 2000, o concreto autoadensável — também conhecido por sua sigla, CAA — é um tipo diferenciado de concreto, recomendado principalmente para estruturas com alta taxa de armadura, além de qualquer outra construção que queira aumentar a produtividade e reduzir os custos finais da obra.

As principais características do concreto autoadensável — e que fazem ele ser considerado um destes e não mais um concreto convencional — são as altas fluidez e trabalhabilidade que ele apresenta, fazendo com que o material seja capaz de transpor obstáculos, preencher todo o espaço da fôrma somente pela ação de seu próprio peso e manter a estabilidade da mistura, sem que haja segregação e/ou exsudação de seus componentes. Em outras palavras, pode-se afirmar que ele é uma espécie de concreto plástico, porém com as características básicas ainda mais acentuadas.

 

Como ele é feito

É na hora de produzir o concreto autoadensável que ele se diferencia dos demais. Há uma certa confusão na classificação do que é e o que não é CAA, visto que sua fabricação faz o uso dos mesmos materiais que o concreto convencional — cimento, agregados graúdos e finos, água e aditivos químicos. O que realmente distingue um do outro são as quantidades de cada material utilizado.

A capacidade de se autoadensar é obtida com o equilíbrio entre alta fluidez e moderada viscosidade. A alta fluidez é alcançada com a utilização de aditivos superplastificantes e a moderada viscosidade e a coesão são conseguidas com o incremento de um percentual adequado de adição mineral com granulometria muito fina e/ou aditivos modificadores de viscosidade. Além disso, são características das misturas de CAA um maior volume de pasta e um menor volume de agregados, em relação às misturas de concreto vibrado.

 

Vantagens de trabalhar com o concreto autoadensável

Contudo, nada disso adiantaria se o material não apresentasse benefícios em comparação com outros tipos de concreto. Acompanhe as principais vantagens do CAA:

 

  • Produção mais rápida, reduzindo o tempo de mão de obra e os gastos com energia elétrica;
  • Exige até 3 vezes menos operários que o concreto convencional, diminuindo o custo de mão de obra;
  • Requer menos esforço no lançamento e no acabamento da superfície, o que reduz o número de acidentes de trabalho;
  • Dispensa o uso de vibração externa, o que, além de facilitar e agilizar todo o processo, ainda diminui a poluição sonora.

 

Com a intenção de comprovar todos estes e ainda mais benefícios, o portal Mapa da Obra, da Votorantim Cimentos, fez alguns testes. Através deles, comprovou-se que, apesar de o custo bruto do CAA ser 27% maior, ele precisou de 22% menos de mão de obra e de 54% menos tempo de mão de obra. Ao final, concluiu-se que o concreto autoadensável é 117% mais eficiente que o concreto convencional, mostrando o potencial competitivo do material.

Mais detalhes sobre os testes podem ser encontrados no artigo postado no próprio portal Mapa da Obra, por meio deste link.

 

Gostou deste texto? Para receber mais conteúdo como este, acompanhe a Tecnomor no Facebook e no Instagram!

NEWSLETTER

Receba nossas novidades e conteúdos por e-mail.