O procedimento de fabricação de blocos de concreto é realizado através de uma vibrocompactação e extrusão imediata da mistura uniforme de cimento, areia, pó de pedra, pedrisco e água. Como você pôde perceber, a fabricação de blocos de concreto é um processo altamente preciso, fazendo com que determinados cuidados sejam necessários para evitar problemas futuros nas estruturas construídas com eles.

No texto que a Tecnomor preparou para você hoje, nós iremos mostrar quais são os mais recorrentes problemas que podem acontecer durante a fabricação de blocos de concreto, além de dicas práticas para evitar que eles cheguem a acontecer. Confira abaixo!

 

Problemas na fabricação de blocos de concreto e como evitá-los

 

Bloco deformado

Blocos deformados costumam apresentar curvaturas para dentro da cavidade. Isso significa uma união de dois fatores: a mistura está mais úmida do que deveria e com uma quantidade excessiva de finos.

A primeira solução neste caso é reduzir a quantidade de água usada na mistura. Caso esta primeira medida não funcione, diminuir a quantidade de finos também pode ajudar a solucionar o problema.

 

Bloco preso na forma, sem desmoldar

Uma situação que pode acontecer é o bloco ficar preso na forma, dificultando a desforma. Quando isso acontece, o molde sobe, porém as peças não se desprendem. A causa deste problema é o atrito entre a mistura e as paredes do molde, causado por falta de tempo de compactação.

Para evitar a alta pressão da mistura contra as paredes da forma, a saída é justamente aumentar o tempo de compactação, para que haja a acomodação e alívio da peça dentro do molde.

 

Bloco com superfície curva

Outro problema que ocorre com a fabricação de blocos de concreto é a superfície curva na face superior. Isso pode acontecer por dois motivos distintos: quantidade de mistura dentro do molde insuficiente ou, ao contrário do anterior, excesso de tempo de compactação.

Buscando solucionar o problema, o que pode ser feito é diminuir o tempo de vibração de acomodação ou até diminuir a umidade e aumentar a alimentação.

 

Eflorescência

A eflorescência nada mais é que aquelas manchas brancas que aparecem nos blocos de concreto. Quimicamente falando, ela é carbonato de cálcio, formado pela reação da cal com o ar. Ainda que seja uma ocorrência comum em blocos, ela acontece mais frequentemente naqueles produzidos com concreto com carência de água e mal compactados, o que resulta em um bloco com elevado teor de absorção de água.

Para evitar ou reduzir o aparecimento de eflorescência, além de cuidados no momento da produção da peça, outras medidas também podem ser adotadas nas estruturas de blocos de concreto a fim de evitar a exposição à umidade, como a aplicação de hidrofugante ou pinturas impermeáveis.

Ressalta-se que o uso de líquidos com características ácidas não devem ser usados com o objetivo de remover a eflorescência, pois eles são agressivos ao cimento.
Gostou do texto de hoje? Acompanhe as redes sociais da Tecnomor para ficar por dentro de todas as inovações do mercado! Nós estamos no Facebook e no Instagram.