fbpx
15 mai

Saiba mais sobre a produção de blocos de concreto com garrafas PET

Nunca se buscou tanto aliar a inovação à sustentabilidade dentro dos setores da construção civil. Afinal, o ritmo de produção deve ser cada vez maior para dar conta de toda a demanda — ao mesmo tempo em que o meio ambiente e o mercado seguem exigindo o surgimento de novas soluções sustentáveis para auxiliar a preservação. Foi neste cenário que a criação do método da produção de blocos de concreto com garrafas PET surgiu.

Ao reciclar as garrafas para produzir os blocos, reduz-se o uso de outros agregados para a produção e reaproveita-se o plástico simultaneamente, alcançando os objetivos que citamos no parágrafo anterior. Neste texto que a Tecnomor preparou para você, nós te explicamos o funcionamento da produção de blocos de concreto com garrafas PET e, além disso, ainda damos um panorama da utilização destes blocos e da importância da reciclagem para a construção de uma forma geral.

Boa leitura!

 

Crescente uso dos blocos de concreto

Antes de falarmos sobre a produção de blocos de concreto com garrafas PET e até mesmo da importância da reciclagem para a construção, é importante destacarmos um dos motivos para que essa inovação surgisse: a utilização a cada dia maior dos blocos de concreto em obras de tamanhos dos mais variados.

De uns anos para cá, os blocos de concreto passaram a estar mais presentes em obras de construção civil, tanto na alvenaria de vedação — na qual os blocos são utilizados para fechamento das paredes — quanto  na alvenaria estrutural.

Foi este primeiro fato, aliado à já citada busca por métodos sustentáveis, que serviu como o primeiro motor para a criação e o desenvolvimento da produção de blocos de concreto com garrafas PET.

 

A importância da reciclagem para a construção

O segundo fator a ser citado aqui é justamente esta tendência da aplicação da reciclagem na construção. Provavelmente o exemplo mais claro disso na prática é o redirecionamento e o reaproveitamento dos resíduos gerados pelas próprias obras. A partir da Política Nacional de Resíduos Sólidos, é possível compreender o manejo recomendado destes resíduos, para que, assim, o descarte ambientalmente correto seja feito.

Há, contudo, outros exemplos de reciclagem — e, de uma forma geral, sustentabilidade — presentes em diversos processos de construção. Um que podemos citar, também praticado pela Tecnomor, é a atuação com produtos concentrados. Graças ao fato de renderem mais, estes produtos economizam com transporte e embalagem — dois fatores que influenciam diretamente o meio ambiente.

Todas essas medidas surgem como uma forma de tentar minimizar os impactos das obras realizadas ao redor do mundo. Afinal, somente o concreto é responsável por uma geração enorme de poluição — ele é o segundo material mais consumido em todo o mundo, ficando atrás somente da água.

 

Produção de blocos de concreto com garrafas PET

Chegamos, enfim, à produção de blocos de concreto com garrafas PET. A solução não é a inovação mais recente que temos — ela foi o resultado de uma pesquisa feita pela área de engenharia ambiental da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) em 2012. Ainda assim, a descoberta traz possibilidades animadoras.

O uso das garrafas PET se dá como agregado na produção do bloco. No momento em que a mistura é feita, até 15% da quantidade de areia, agregado fino, pode ser substituído por pó de garrafas. Considerando que cerca de 250 bilhões de garrafas PET são consumidas no Brasil anualmente, é importantíssimo encontrar mais um uso para o material após a sua reciclagem.

Vale citar também que estes 15%, por menores que possam parecer, são um resultado bem positivo, fruto de um bom tempo de estudo. Isso porque nos primeiros testes apenas 5% da areia foi substituída. Após atestar o sucesso do produto, as porcentagens foram passando por alguns aumentos, até chegar nos 15%. Com a continuidade de pesquisas, de estudos e de testes, é possível que o número aumente ainda mais.

 

 

E você, já tinha ouvido falar na produção de blocos de concreto com garrafas PET? Gostou de saber mais sobre este assunto? Se quiser continuar recebendo todos os conteúdos que a Tecnomor produz, siga-nos no Facebook e no Instagram!

NEWSLETTER

Receba nossas novidades e conteúdos por e-mail.